Vibrações Moleculares - Introdução

Print
Vibrações Moleculares

     As vibrações moleculares são estudadadas a partir da espectroscopia. Existem vários métodos de anállise espectroscópica, sendo que o mais conhecido é a espectroscopia por infra-vermelho. O objetivo quase sempre é o mesmo, descobrir as “assinaturas” ou “impressões digitais” que cada substância ou molécula emite quando interage com a luz.

     Por meio da espectroscopia é possível reconhecer a presença de uma determinada molécula através do pico de intensidade da sua freqüência de vibração,  que depende das massas e das forças que estão interagindo entre os átomos de uma molécula. Os movimentos vibracionais das moléculas podem ser classificados em três tipos:

a
) modo de extensão, que corresponde à variação da distância entre os átomos;

b) modo de flexão, que corresponde à variação do ângulo formado por duas ligações sobre o mesmo átomo e;

c)
modo de torção, que corresponde ao giro relativo de dois grupos de átomos sobre uma ligação.

Veja alguns exemplos:

Vibração da molécula de água
 
Vibração da molécula de CO2

Vibração da molécula de metano

 Vibração da molécula de benzeno